OBRIGADO PELA VISITA!

FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO!

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

O NATAL NOSSO DE CADA ANO

O NATAL NOSSO DE CADA ANO
Osvaldo Ourives
Já muito se falou sobre o Natal. E tão cedo não se esgotará o assunto. Alguns analistas, numa ótica algo pessimista, veem apenas o apelo comercial, forte e crescente, que envolve as festas, e a preocupação dominante em boa parte dos cristãos com os comes e bebes.

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

4º Congresso Espírita Brasileiro: um congresso em 4 dimensões

O 4º Congresso Espírita Brasileiro será realizado no período de 11 a 13 de abril de 2014, nas cidades de Campo Grande, João Pessoa, Manaus e Vitória. As inscrições podem ser feitas até dezembro, lembrando que há número limitado de vagas. A Federação Espírita Brasileira apoia o evento.
* Um congresso em 4 dimensões:

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Desencarna Nilson de Souza, fundador da Mansão do Caminho

Nilson de Souza Pereira, juntamente com Divaldo Franco, fundou a Mansão do Caminho e desencarnou na madrugada desta quinta-feira, 21 de novembro, às 4h40, no Hospital Santa Isabel, em Salvador (BA), de falência múltipla dos órgãos.

sábado, 16 de novembro de 2013

Confira nos cinemas Blood Money – Aborto Legalizado - Federação Espírita Brasileira / FEB

Confira nos cinemas Blood Money 

A Estação da Luz Filmes em parceria com o Movimento Brasil Sem Aborto lança o Filme Blood Money – Aborto Legalizado em nove capitais do Brasil. A obra é uma denúncia da indústria do aborto nos Estados Unidos e em outros países. Aborda o funcionamento legal desta indústria mostrando como as estruturas médicas tratam as clientes e os métodos aplicados pelas clínicas.

terça-feira, 24 de setembro de 2013

LABOR TRANSCENDENTAL

(Mensagem do Dr. Bezerra de Menezes pelo médium Divaldo Franco - 22/08/2013)

..É necessário que exerçamos a mediunidade com Jesus.

Que a figura incomparável do doce Rabi penetre-nos, e que logremos insculpi-la no ádito do nosso coração.

Fomos chamados para um labor de natureza transcendental, a nossa é uma tarefa de abnegação e de sacrifício.

Médium sem as cicatrizes do sofrimento ainda não se encontra em condições de servir em plenitude Àquele que é o exemplo máximo da doação.

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

182 ANOS DO NASCIMENTO DE BEZERRA DE MENEZES!


Hoje, dia 29 de agosto 2013, todos nós espíritas homenageamos o insigne Dr. Adolfo Bezerra de Menezes, cognominado o Médico dos Pobres e o Allan Kardec Brasileiro, em razão dos 182 anos do seu nascimento. Incansável trabalhador da causa espírita e do amparo aos pobres no século XIX, prossegue ininterruptamente no plano espiritual secando as lágrimas e lenindo as dores dos aflitos! 

NOTA DE DESENCARNAÇAO DE THEREZINHA OLIVEIRA - REDE AMIGO ESPÍRITA


"Hoje, dia 28 de Agosto, às 23 horas, tomamos conhecimento que a nossa querida Therezinha Oliveira partiu para uma nova etapa da sua rica existência, a vida espiritual.
Tudo aconteceu muito rapidamente, acometida que foi por uma Pneumonia. Foi internada no dia de hoje e, por merecimento seu e desígnios de Deus, desencarnou sem passar por grandes sofrimentos".

sábado, 6 de julho de 2013

PAI NOSSO

PAI NOSSO
                                                    Osvaldo Ourives (Set/2000)

quinta-feira, 27 de junho de 2013

MAIS CRUZADINHAS ESPÍRITAS

 SOBRE "DE DEUS" - CAP. I – 1ª PARTE DE “O LIVRO DOS ESPÍRITOS” 

HORIZONTAIS:
1. Deus é a inteligência (...). 8. Instiga, incita. 9. Rio Grande do Norte (sigla). 10. Acolá. 11. Escolhi mediante eleição. 13. Exigi o pagamento. 15. Líquido eliminado pela pele. 17. Embarcação de grande porte. 18. Artigo indefinido (Inglês). 19. Tipo de sapato. 20. Domínio, influência. 22. Planeta. 24. Edições (abrev.). 26. Escola Naval (sigla). 27. Atributo de Deus. 31. Senhor (abrev.). 32. Torne liso. 34.  Artigo definido feminino plural. 36. Doença da pele. 37. Curso de água doce (plural). 39. Claridade, luminosidade. 40. Atributo de Deus. 42. Bonito. 43. Atributo de Deus.

VERTICAIS:
1. Nossa estrela. 2. Atributo de Deus.  3. Computador Pessoal em inglês (sigla). 4. Sorri. 5. Atributo de Deus.   6. Sal do ácido maleico. 7. Atributo de Deus. 8. Deus é a (...) de todas as coisas. 9. Número da Identidade. 12. Manchar. 14. Origem (abrev.). 16. Unifico. 19. Sandra (...), atriz de novela. 21. É infinito em Suas perfeições. 23. Elemento químico berílio (símbolo). 25. Nome masculino. 28. Utensílio de pouco valor. 29. Nome da letra “L”. 30. Estudei. 33. Nome anterior de Paulo (de Tarso). 35. Resposta positiva. 38. Ordem dos Advogados do Brasil (sigla).  39. Laboratório (abrev.). 41. Artigo definido “o” em espanhol.    


HORIZONTAIS:
1. Doutrina que professa ser Deus a resultante de todas as forças e de todas as inteligências do universo reunidas.  6. Saudação jovial. 7. Pequeno roedor sul-americano. 9. Mamífero da família dos ursídeos (plural). 10. Coisa insignificante. 12. Não há efeito sem (...). 13. Soar alto. 14. Limpar com areia. 16. Garoto, menino. 17. Depois de Cristo (abrev.). 19. Doutor (abrev.). 20. Sozinho. 21. Equipamento de Proteção em EPI. 23. Pode-se encontrar a prova da existência de Deus num (...) aplicado às ciências.  25. Tio (...), EUA. 27. Tecnologia (abrev.). 29. Não podendo o homem ser o (...) do que a natureza produz, a causa primária é conseguintemente Deus, inteligência superior à Humanidade. 32. Érbio (símbolo). 33. Interjeição que exprime dor. 34. Núcleo familiar. 35. Ânsia, sofreguidão. 36. A inferioridade das faculdades do homem não lhe permite compreender a natureza íntima de Deus, mas os Espíritos (...) o compreendem. 38. Atmosfera. 39. Aqui está. 40. O (...) instintivo humano da existência de Deus indica que Ele existe. É consequência do princípio - não há efeito sem causa. 43. Orifício externo de um canal. 44. Plural de ao.

VERTICAIS:
1. Escassa, reduzida. 2. Tomar ar.  3. Seguir. 4. O homem não pode compreender a natureza íntima de Deus porque lhe falta para isso um (...). 5. Que supera outro em tamanho. 8. Amplo.   11. Provamos a existência de Deus pela lei de (...). 15. Apague com a raspadeira. 17. Para crer-se em (...), basta lançar um olhar sobre as obras da Criação. 18. Severidade, rigorosidade. 21. Suspeito, ilícito (plural). 22. Deu à luz em parto. 23. Atribuir a formação primária das coisas ao (...) é insensatez. 24. Mato Grosso (sigla). 26. Terceira nota musical. 28. Caracterizado por falta de instrução (plural). 30. Atitude de sobreaviso. 31. Ofertar. 35. Estrado alto para lutas de boxe. 37. Falha no motor de veículo. 41. Preposição: lugar. 42. Magnetismo pessoal.

Criação: Osvaldo Ourives

sábado, 22 de junho de 2013

DIVALDO FRANCO ESCREVE SOBRE AS MANIFESTAÇÕES ESTUDANTIS

Texto de autoria de Divaldo Franco publicado no Jornal A Tarde, edição de 20/06/13, sobre as manifestações estudantis pelo Brasil.
"Quando as injustiças sociais atingem o clímax e a indiferença dos governantes pelo povo que estorcega nas amarras das necessidades diárias, sob o açodar dos conflitos íntimos e do sofrimento que se generaliza, nas culturas democráticas, as massas correm às ruas e às praças das cidades para apresentar o seu clamor, para exigir respeito, para que sejam cumpridas as promessas eleitoreiras que lhe foram feitas...
Já não é mais possível amordaçar as pessoas, oprimindo-as e ameaçando-as com os instrumentos da agressividade policial e da indiferença pelas suas dores.
O ser humano da atualidade encontra-se inquieto em toda parte, recorrendo ao direito de ser respeitado e de ter ensejo de viver com o mínimo de dignidade.
Não há mais lugar na cultura moderna, para o absurdo de governos arbitrários, nem da aplicação dos recursos que são arrancados do povo para extravagâncias disfarçadas de necessárias, enquanto a educação, a saúde, o trabalho são escassos ou colocados em plano inferior.
A utilização de estatísticas falsas, adaptadas aos interesses dos administradores, não consegue aplacar a fome, iluminar a ignorância, auxiliar na libertação das doenças, ampliar o leque de trabalho digno em vez do assistencialismo que mascara os sofrimentos e abre espaço para o clamor que hoje explode no País e em diversas cidades do mundo.
É lamentável, porém, que pessoas inescrupulosas, arruaceiras, que vivem a soldo da anarquia e do desrespeito, aproveitem-se desses nobres movimentos e os transformem em festival de destruição.
Que, para esses inconsequentes, sejam aplicadas as corrigendas previstas pelas leis, mas que se preservem os direitos do cidadão para reclamar justiça e apoio nas suas reivindicações.
O povo, quando clama em sofrimento, não silencia sua voz, senão quando atendidas as suas justas reivindicações. Nesse sentido, cabe aos jovens, os cidadãos do futuro, a iniciativa de invectivar contra as infames condutas... porém, em ordem e em paz."

* Divaldo Franco escreve às quintas-feiras, quinzenalmente.

terça-feira, 18 de junho de 2013

Federação Espírita Brasileira / FEB - ESTUDO APROFUNDADO DA DOUTRINA ESPÍRITA - EADE

FAZER DOWNLOAD EM PDF DOS LIVROS DO EADE
CLIQUE AQUI


Federação Espírita Brasileira / FEB - ESTUDO SISTEMATIZADO DA DOUTRINA ESPÍRITA

COMO ADQUIRIR  OS TOMOS DO ESDE NA LOJA VIRTUAL DA FEB 
OU  BAIXÁ-LOS EM PDF


Para aquisição: CLIQUE AQUI
Para baixar em PDF: TOMO I: CLIQUE AQUI
                                   TOMO II:CLIQUE AQUI
                                   TOMO ÚNCIO:CLIQUE AQUI

Fonte: http://www.febnet.org.br/blog/geral/conteudo-programatico/

segunda-feira, 3 de junho de 2013

ESCALA DE REUNIÕES DO MÊS DE JUNHO DE 2013

CENTRO ESPÍRITA CAMINHO DA VERDADE
Rua Paulo VI, 249 - SEABRA/BA
ESCALA DE REUNIÕES DO MÊS DE JUNHO DE 2013
SEGUNDAS-FEIRAS - 19H30
DOUTRINÁRIAS: 19H30 - TEMA:  MEDIUNIDADE
03 – Palestrante: Osvaldo Ourives      
        Tema: SINTOMAS DA MEDIUNIDADE

terça-feira, 30 de abril de 2013

ESCALA DE REUNIÕES DO MÊS DE MAIO DE 2013

CENTRO ESPÍRITA CAMINHO DA VERDADE
Rua Paulo VI, 249 - SEABRA/BA
SEGUNDAS-FEIRAS - 19H30
DOUTRINÁRIAS: 19H30 - TEMA CENTRAL: A MEDIUNIDADE NO TEMPO
06– Palestrante: Hoel Félix      
        Tema: FLUIDOS: PERCEPÇÃOA E ANÁLISE  

quinta-feira, 11 de abril de 2013

ESPIRITISMO: O QUE É, COMO E PORQUE SURGIU NA TERRA

Quando compulsamos algumas traduções do Velho Testamento, como a da Ed. Ave Maria Ltda, 30ª Edição, Tradução do Centro Bíblico Católico, encontramos em Números, 20:6:
“Se alguém se dirigir aos espíritas ou aos adivinhos para fornicar com eles, voltarei o  meu rosto contra esse homem e o cortarei do meio do seu povo”.


E em Deuteronômio, 18:10-11:

“Não se ache no meio de ti quem... se dê... ao espiritismo, à adivinhação...” Grifos nossos.


É muito estranho que as palavras Espírita e Espiritismo, criadas em 1857, apareçam em textos  atribuídos a Moisés, portanto, escritos em alguma data do século XIV a.C., quando viveu o seu autor.

Somos forçados a concluir que a inserção dessas palavras no mencionado texto representa uma manipulação com o objetivo de afastar fiéis da possibilidade de sua adesão ao Espiritismo, atemorizando-os com tais proibições, na medida em que creem cegamente na Bíblia.

Esta estranheza é bem maior quando a versão do Pe. Antonio Pereira Almeida, feita no século XVIII, entre 1784 e 1790, antes do advento do Espiritismo, faz uso das palavras mágicos no lugar de espíritas e de Píton no lugar de espiritismo, e a versão de João Ferreira de Almeida, de quase 300 anos utiliza a palavra necromante. A Bíblia Tradução Ecumênica, das Paulinas e Edições Loyola, também não faz uso das palavras Espiritismo Espírita.


Fazemos tais colocações não só como um esclarecimento necessário, mas, também, como forma de introduzir o leitor na compreensão da origem dos verbetes espiritismo espírita.


O Novo Dicionário de Aurélio diz que a palavra Espiritismo é de origem francesa: spiritism.

Já o Dicionário Houaiss, mais completo na definição desse verbete, diz que espiritismo é de origem francesa, criado em 1857, significando  “doutrina de cunho filosófico-religioso, de aperfeiçoamento moral do homem através de ensinamentos transmitidos por espíritos mais aprimorados de pessoas mortas, que se comunicam com os vivos esp. através dos médiuns”. Quanto ao verbete espírita, indica-o como de origem também francesa, spirite, datando de 1857 e significando adepto do espiritismo.


As palavras Espiritismo Espírita são de origem francesa, pois foram criadas pelo codificador do Espiritismo, Allan Kardec, por ocasião do lançamento de O Livro dos Espíritos, publicado em 18 de abril de 1857, em Paris, França, conforme se lê na parte introdutória dessa obra.


AS PROFECIAS DE EMMANUEL ATRAVÉS DE CHICO XAVIER

Revelação guardada desde 1986!
O prestigiado jornal Folha Espírita de maio/11 traz uma revelação feita em 1986, pelo médium Francisco Cândido Xavier a Geraldo Lemos Neto, fundador da Casa de Chico Xavier de Pedro Leopoldo (MG) e da Vinha de Luz Editora, de Belo Horizonte/MG, sobre o futuro reservado ao planeta Terra e a todos os seus habitantes nos próximos anos. Marlene Nobre pelo FE entrevista Lemos Neto, que disse carregar este fardo há muito tempo (25 anos), cumprindo agora o dever de revelá-lo em sua completude. Diz que, em 1986, quando dessa conversa com o Chico, sentiu que sua mente estava recebendo um tratamento mnemônico diferente para que não viesse a esquecer aquelas palavras proféticas, e que seria chamado a testemunhá-las no momento oportuno, que chegou.
Aqui estão as partes principais da longa entrevista. A íntegra pode ser lida no exemplar nº 439, ano XXXV, de maio de 2011 do jornal Folha Espírita.
 “(...) Assim, tive (Geraldo) a felicidade de conviver na intimidade com Chico Xavier, dialogando com ele vezes sem conta, madrugada a dentro, sobre variados assuntos de nossos interesses comuns, notadamente sobre esclarecimentos palpitantes acerca da Doutrina dos Espíritos e do Evangelho de Jesus.
Um desses temas foi em relação ao Apocalipse, do Novo Testamento. (...) Desde então, Chico tinha sempre uma ou outra palavra esclarecedora sobre o assunto. Numa dessas conversas, lembrando o livro Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho, pelo espírito Humberto de Campos, Lemos Neto externou ao Chico sua dúvida quanto ao título do livro, uma vez que ainda naquela ocasião, em meados da década de 80, o Brasil vivia às voltas com a hiperinflação, a miséria, a fome, as grandes disparidades sociais, o descontrole político e econômico, sem falar nos escândalos de corrupção e no atraso cultural.
Lembro-me, como hoje, a expressão surpresa do Chico me respondendo: “Ora, Geraldinho, você está querendo privilégios para a Pátria do Evangelho, quando o fundador do Evangelho, que é Nosso Senhor Jesus Cristo, viveu na pobreza, cercado de doentes e necessitados de toda ordem, experimentou toda a sorte de vicissitudes e perseguições para ser supliciado quase abandonado pelos seus amigos mais próximos e morrer crucificado entre dois ladrões? Não nos esqueçamos de que o fundador do Evangelho atravessou toda sorte de provações, padeceu o martírio da cruz, mas depois ele largou a cruz e ressuscitou para a Vida Imortal! Isso deve servir de roteiro para a Pátria do Evangelho. Um dia haveremos de ressuscitar das cinzas de nosso próprio sacrifício para demonstrar ao mundo inteiro a imortalidade gloriosa!”
Na sequência da nossa conversa, perguntei ao Chico o que ele queria exatamente dizer a respeito do sacrifício do Brasil. Estaria ele a prever o futuro de nossa nação e do mundo?
Chico pensou um pouco, como se estivesse vislumbrando cenas distantes e, depois de algum tempo, retornou para dizer-nos: “Você se lembra, Geraldinho, do livro de Emmanuel A Caminho da Luz? Nas páginas finais da narrativa de nosso benfeitor, no capítulo XXIV, cujo título é O Espiritismo e as Grandes Transições, Emmanuel afirmara que os espíritos abnegados e esclarecidos falavam de uma nova reunião da comunidade das potências angélicas do Sistema Solar, da qual é Jesus um dos membros divinos, e que a sociedade celeste se reuniria pela terceira vez na atmosfera terrestre, desde que o Cristo recebeu a sagrada missão de redimir a nossa humanidade, para, enfim, decidir novamente sobre os destinos do nosso mundo.
Pois então, Emmanuel escreveu isso nos idos de 1938 e estou informado que essa reunião de fato já ocorreu. Ela se deu quando o homem finalmente ingressou na comunidade planetária, deixando o solo do mundo terrestre para pisar pela primeira vez o solo lunar. O homem, por seu próprio esforço, conquistou o direito e a possibilidade de viajar até a Lua, fato que se materializou em 20 de julho de 1969. Naquela ocasião, o Governador Espiritual da Terra, que é Nosso Senhor Jesus Cristo, ouvindo o apelo de outros seres angelicais de nosso Sistema Solar, convocara uma reunião destinada a deliberar sobre o futuro de nosso planeta. O que posso lhe dizer, Geraldinho, é que depois de muitos diálogos e debates entre eles foram dadas diversas sugestões e, ao final do celeste conclave, a bondade de Jesus decidiu conceder uma última chance à comunidade terráquea, uma última moratória para a atual civilização no planeta Terra. Todas as injunções cármicas previstas para acontecerem ao final do século XX foram então suspensas, pela Misericórdia dos Céus, para que o nosso mundo tivesse uma última chance de progresso moral.

quarta-feira, 10 de abril de 2013

O LIVRO DOS ESPÍRITOS, 156 ANOS ILUMINANDO CONSCIÊNCIAS!

A 1ª edição de “O Livro dos Espíritos”, de Allan Kardec, foi lançada em 18 de abril de 1857, num sábado de primavera,  pelo  E. Dentu, Palais  Royal,  Galérie  D’orléans,  13, PARIS, França.

Com o advento do referido livro surge em nosso Planeta a primeira obra da Doutrina Espírita, a qual, há 156 anos, vem iluminando consciências, em especial daqueles que não se satisfazem com os conceitos emitidos pela fé cega, em grande parte contrários aos pressupostos científicos.

Fundamentando-se em princípios consistentes, lógicos, sensatos, o Espiritismo encara a razão frente a frente sem os laivos do temor, porque propõe aos seus adeptos uma fé raciocinada, sem imposição e orienta que, para ser aceito, deve ser examinado com liberdade, compreendido e submetido ao crivo da razão, inegavelmente uma  das mais importantes  faculdades do ser humano.

Desde o seu início, a Doutrina Espírita vem sustentando que Fé e Ciência devem andar juntas, para que ambas possam nos oferecer uma cosmovisão mais justa: a Ciência revelando leis do mundo físico, e a fé raciocinada revelando as leis do mundo espiritual.

Abrir mão do livre exame, da razão, da curiosidade, das investigações e das conquistas da Ciência, para a aceitação cega de colocações absurdas e equivocadas, e até já negadas, contraditadas repetidas vezes pelos rigorosos processos da pesquisa científica,  é abdicar-se  da  própria liberdade, do ensejo de aprender,  de melhor interagir com  outras pessoas, que são, às  vezes, discriminados só porque  não compartilham certas crenças.

O Espiritismo, tendo por regra o apreço a todas as crenças, está disponível ao livre exame. Afirmar ser ele isso ou aquilo sem conhecê-lo, é demonstrar flagrante ignorância ou má-fé!
Osvaldo Ourives

113 ANOS DO DESENCARNE DE BEZERRA DE MENEZES

113 ANOS DO DESENCARNE DE BEZERRA DE MENEZES
Osvaldo Ourives
A  mensagem   mediúnica  “O  Futuro  do  Espiritismo”, publicada  na 2ª Parte do livro Obras Póstumas, de Allan Kardec, afirma no seu início:
“O Espiritismo foi chamado a desempenhar imenso papel na Terra”.
Na resposta à Questão 627, de “O Livro dos Espíritos”, também de Kardec, os Espíritos Superiores registram:
“Estamos incumbidos de preparar o reino do bem que Jesus anunciou”.

O Espiritismo, fruto do trabalho inefável da Espiritualidade Superior com o apoio indispensável dos encarnados, veio resgatar as lições e a ética do Cristo das ruínas em que foram sepultadas pelas conveniências e paixões humanas, disponibilizando aos seus interessados os recursos necessários à regeneração da humanidade terrestre.

A conquista da referida regeneração será o resultado do esforço solidário incessante e espontâneo de encarnados e desencarnados cônscios do seu alcance, através de ensinamentos e exemplificações da prática verdadeira das leis morais divinas.

quarta-feira, 3 de abril de 2013

CECV - ESCALA DE REUNIÕES DO MÊS DE ABRIL DE 2013

CENTRO ESPÍRITA CAMINHO DA VERDADE
Rua Paulo VI, 249 - SEABRA/BA
 SEGUNDAS-FEIRAS - 19H30
DOUTRINÁRIAS: 19H30   -   TEMA CENTRAL: A MEDIUNIDADE NO TEMPO
01– Palestrante: Osvaldo Ourives      
        Tema: FLUIDOS PERCEPÇÃOA E ANÁLISE
        Dirigente: Júlio César

sábado, 23 de março de 2013

FEB elege Novos Presidente e Diretores

Na tarde do dia 16 de março houve eleição na Federação Espírita Brasileira.  O Conselho Superior da Entidade, em reunião presidida por Nilton Costa Pereira de São Thiago, foi eleito por aclamação e por unanimidade como presidente Antonio Cesar Perri de Carvalho. Em seguida, para ocupar o cargo de vice-presidente que este ocupava foi eleita Edna Maria Fabro, e para o cargo vago de diretor foi eleito João Pinto Rabelo. Em seguida, foram renovados os mandatos dos diretores que completavam o período:  Helio Blume,  José Valdo de Oliveira, Luiz Antonio de Moura, Miriam Lúcia Herrera Masotti Dusi, Regina Lúcia de Souza Barbosa Rodrigues, Sady Guilherme Schmitd e Tânia de Souza Lopes. Todos os eleitos, com mandato de dois anos.

sexta-feira, 1 de março de 2013

ESCALA DE REUNIÕES DO MÊS DE MARÇO DE 2013

CENTRO ESPÍRITA CAMINHO DA VERDADE
Rua Paulo VI, 249 - SEABRA/BA
 SEGUNDAS-FEIRAS - 19H30
DOUTRINÁRIAS: 19H30   -  TEMA CENTRAL: A MEDIUNIDADE
04– Palestrante: Hoel Félix      
        Tema: PAPEL DOS MÉDIUNS NAS COMUNICAÇÕES ESPÍRITAS
        Dirigente: Júlio César

domingo, 3 de fevereiro de 2013

HISTÓRIA DO ESPIRITISMO

No século 19, um fenômeno agitou a Europa: as mesas girantes. Nos salões elegantes, após os saraus, as mesas eram alvo de curiosidade e de extensas reportagens, pois moviam-se, erguiam-se no ar e respondiam a questões mediante batidas no chão (tiptologia). O fenômeno chamou a atenção de um pesquisador sério, discípulo do célebre Johann Pestalozzi: Hippolyte Leon Denizard Rivail.

Rivail, pedagogo francês, fluente em diversos idiomas, autor de livros didáticos e adepto de rigoroso método de investigação científica não aceitou de imediato os fenômenos das mesas girantes, mas estudou-os atentamente, observou que uma força inteligente as movia e investigou a natureza dessa força, que se identificou como os “Espíritos dos homens” que haviam morrido. Rivail fez centenas de perguntas aos Espíritos, analisou as respostas, comparou-as e codificou-as, tudo submetendo ao crivo da razão, não aceitando e não divulgando nada que não passasse por esse crivo. Assim nasceu O Livro dos Espíritos. O professor Rivail imortalizou-se adotando o pseudônimo de Allan Kardec.

A Doutrina codificada por ele tem caráter científico, religioso e filosófico. Essa proposta de aliança da Ciência com a Religião está expressa em uma das máximas de Kardec, no livro “A Gênese”: “O espiritismo, marchando com o progresso, jamais será ultrapassado porque, se novas descobertas demonstrassem estar em erro sobre um certo ponto, ele se modificaria sobre esse ponto; se uma nova verdade se revelar, ele a aceitará”. 
Fonte: http://www.febnet.org.br/
Leia mais aqui

sábado, 2 de fevereiro de 2013

DESENCARNAÇÕES COLETIVAS - Emmanuel

Sendo Deus a Bondade Infinita, por que permite a morte aflitiva de tantas pessoas enclausuradas e indefesas, como nos casos dos grandes incêndios?

(Pergunta endereçada a Emmanuel por algumas dezenas de pessoas em reunião pública, na noite de 23-2-1972, em Uberaba, Minas).

RESPOSTA:

Realmente reconhecemos em Deus o Perfeito Amor aliado à Justiça Perfeita. E o Homem, filho de Deus, crescendo em amor, traz consigo a Justiça imanente, convertendo-se, em razão disso, em qualquer situação, no mais severo julgador de si próprio.

Quando retornamos da Terra para o Mundo Espiritual, conscientizados nas responsabilidades próprias, operamos o levantamento dos nossos débitos passados e rogamos os meios precisos a fim de resgatá-los devidamente.

É assim que, muitas vezes, renascemos no Planeta em grupos compromissados para a redenção múltipla.

***
Invasores ilaqueados pela própria ambição, que esmagávamos coletividades na volúpia do saque, tornamos à Terra com encargos diferentes, mas em regime de encontro marcado para a desencarnação conjunta em acidentes públicos.

Exploradores da comunidade, quando lhe exauríamos as forças em proveito pessoal, pedimos a volta ao corpo denso para facearmos unidos o ápice de epidemias arrasadoras.

Promotores de guerras manejadas para assalto e crueldade pela megalomania do ouro e do poder, em nos fortalecendo para a regeneração, pleiteamos o Plano Físico a fim de sofrermos a morte de partilha, aparentemente imerecida, em acontecimentos de sangue e lágrimas.

Corsários que ateávamos fogo a embarcações e cidade na conquista de presas fáceis, em nos observando no Além com os problemas da culpa, solicitamos o retorno à Terra para a desencarnação coletiva em dolorosos incêndios, inexplicáveis sem a reencarnação.

***
Criamos a culpa e nós mesmos engenhamos os processos destinados a extinguir-lhe as conseqüências. E a Sabedoria Divina se vale dos nossos esforços e tarefas de resgate e reajuste a fim de induzir-nos a estudos e progressos sempre mais amplos no que diga respeito à nossa própria segurança.

É por este motivo que, de todas as calamidades terrestres, o Homem se retira com mais experiência e mais luz no cérebro e no coração, para defender-se e valorizar a vida.

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Portal A TARDE - Denúncias de perseguição religiosa têm alta de 626%

Embora  mais de 20 milhões de brasileiros não pertençam às religiões  cristãs, segundo o IBGE,  a intolerância religiosa ainda ocorre no Brasil. Divulgada nesta segunda-feira, 21, no Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, a quantidade de denúncias  recebidas pelo Disque 100 da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República cresceu mais de sete vezes em 2012, em comparação com 2011. Foram 109 registros contra 15, um aumento de 626%.
Leia mais

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

VERDADE REVELADA SOBRE MANIFESTAÇÃO DO ESPÍRITO SANTO

A Manifestação do Espírito Santo em templo evangélico é igual à manifestação de espíritos na Umbanda. Veja este vídeo.

IGREJA ADMITE A COMUNICAÇÃO DOS ESPÍRITOS

 VÍDEO: MUSEU DAS ALMAS
Nesse local estão documentadas comunicações de espíritos com o mundo material. O vaticano admite, mas os conservadores contestam.

CURSO À DISTÂNCIA: "Reencarnação e Psicoterapia: como abordar eticamente as crenças espirituais dos pacientes que buscam psicoterapia".

Justificativa​
Em todo o mundo há um grande número de pessoas que crêem na reencarnação. Segundo dados do World Values Survey, tal crença é professada por 22,6% da população nos países nórdicos, 27% na Europa Ocidental, 20,2% na Europa Oriental. Já nos Estados Unidos o número chega a 27% (Gallup, 2003) e no Brasil, a 37% (Data Folha, 2007). Parte importante da cultura, as crenças religiosas têm papel relevante na formação de juízos e no processamento de informações, auxiliando muitas pessoas a organizarem ou compreenderem eventos dolorosos, caóticos e imprevisíveis que podem gerar sintomas diversos. A inclusão de “problemas religiosos ou espirituais” como categoria diagnóstica no DSM-IV (American Psychiatric Association, 1994) reconhece que os temas religiosos e espirituais podem ser foco da consulta psiquiátrica/psicológica.

O artigo “Should psychotherapy consider reincarnation?”, recentemente publicado no Journal of Nervous and Mental Disease (http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22297317), enfatiza o crescente reconhecimento da necessidade de se levar em conta o ambiente cultural e os sistemas de crenças dos pacientes na psicoterapia. Respeitar as opiniões e realidades subjetivas do paciente é uma necessidade terapêutica e um dever ético, mesmo que os profissionais não compartilhem das mesmas crenças. A crença na reencarnação – envolve um ciclo contínuo de aprendizado e evolução através das vidas sucessivas – é encontrada ao longo da história humana em diferentes épocas e culturas. Deste ponto de vista, as dificuldades são transitórias e podem ser superadas quando suas lições que as adversidades trazem são absorvidas.

Estar confortável para abordar com o paciente temas sobre espiritualidade e religiosidade como a reencarnação é o primeiro de uma série de passos para que o processo terapêutico siga as diretrizes éticas. A integração da crença reencarnacionista durante a psicoterapia requer profissionalismo, conhecimento e capacidade de alinhar as informações coletadas sobre os valores do paciente para o benefício do seu processo terapêutico. Questionamentos como psicólogos e psiquiatras devem discutir reencarnação com seus pacientes?, quais são os limites profissionais quando temas religiosos e/ou espirituais são trazidos? serão  esclarecidos no Curso.
Recentemente um artigo no The New York Times (Lisa Miller) afirmou que o interesse na reencarnação está em ascensão, e os responsáveis pela divulgação não são monges ou teólogos, mas terapeutas. Esta notícia nos indica uma abertura terapêutica saudável, mas também uma preocupação com ‘falsos-terapeutas’ que não possuem um treinamento clínico adequado para conduzir a psicoterapia. Atribuir significados aos sintomas de ansiedade, desajuste, fobia específica ou estresse pós-traumático, alinhados aos conteúdo de supostas vidas passadas – se essa for a crença do paciente – podem favorecer a atenuação ou libertação dos sintomas.

'Forbes' lista os pastores mais ricos do Brasil; Macedo lidera - Terra

'Forbes' lista os pastores mais ricos do Brasil; Macedo lidera - Terra: "18 de janeiro de 2013 • 08h18 •  atualizado 08h40"

'via Blog this'

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

CECV - ESCALA DE REUNIÕES DO MÊS DE JANEIRO DE 2013

CENTRO ESPÍRITA CAMINHO DA VERDADE
Rua Paulo VI, 249 - SEABRA/BA
SEGUNDAS-FEIRAS
DOUTRINÁRIAS: 19H30    -   TEMA CENTRAL: MEDIUNIDADE
07– Palestrante: Hoel Félix
        Tema: A IDÉIA DA COMUNICAÇÃO COM OS ESPÍRITOS
        Dirigente: Júlio César
14 – Palestrante: Osvaldo Ourives       
        Tema: MEDIUNIDADE NA ANTIGUIDADE
        Dirigente: Nilton Quinteiro
21 – Palestrante: Hoel Félix
        Tema: MEDIUNIDADE NA IDADE MODERNA